• Sede Regional 3RE

Inaugurado Ponto Missionário em Ilhabela

Sob a inspiração do tema para o ano de 2022, “Ano da Promessa”, foi inaugurado, no dia 30 de abril, em Ilhabela, o Ponto Missionário da Igreja Metodista em São Sebastião, Distrito do Vale do Paraíba e Litoral Norte.



É o primeiro Ponto Missionário da Igreja em São Sebastião – que celebra Jubileu de Prata no próximo mês de setembro: 25 anos de vida e missão. Tempo de frutificar e viver a promessa de Deus, com uma inspiradora notícia, colhendo frutos em tempo de plena crise. A alegria tomou conta da comunidade.


Presença

Com a presença de 43 pessoas, entre adultos, jovens, adolescentes e crianças – todos os nomes foram registrados em livro histórico –, inauguramos o Ponto Missionário em Ilhabela. Participaram deste momento significativo representantes de outras comunidades, entre eles membros da Igreja Metodista em Ubatuba, o seminarista Silvio Luís Dias e sua esposa, além de mais 13 membros da Igreja em São Sebastião.


Novos membros

No primeiro batismo realizado no domingo anterior (Páscoa) à inauguração, foram recebidos seis novos membros: cinco por batismo e profissão de fé e um batismo infantil, todos frutos do trabalho realizado na cidade. Somado a estes, acolhemos mais nove irmãos e irmãs, por assunção de votos, recebidos na sede em São Sebastião e no espaço do Ponto Missionário; os dois últimos foram recebidos no dia da inauguração, como consta do acervo fotográfico.


Hora de cortar a fita

Eliene dos Santos Souza, representando a comunidade local, auxiliou o pastor Júlio César Hora de Oliveira no ato inaugural, cortando a fita abrindo assim o caminho para todos entrarem no espaço – recentemente alugado para os trabalhos do Ponto Missionário.


Testemunho

A emoção foi notória no rosto de cada um dos participantes durante a celebração. Eliene dos Santos Souza compartilhou sobre o início do trabalho metodista em Ilhabela: “Estávamos como ovelhas desgarradas sem pastor, com o sentimento de abandono. Terminou o trabalho cúltico realizado por outra Igreja, próximo à comunidade. Há meses não havia nenhuma atividade religiosa no bairro. Patrícia Toselli, uma das pessoas que manteve viva nossa fé, comentou sobre a visita de um pastor vindo da cidade de São Sebastião, no sentido de começar uma nova frente de oração conosco. Eu nem tinha muita esperança, mas após a sua visita, ouvindo a Palavra e a oração, na casa da minha irmã, meu coração se ascendeu de alegria. Com apenas algumas reuniões o povo ficou sabendo que estava ocorrendo as células. Eu estive em muitas comunidades, mas nunca me senti tão acolhida como pelos irmãos da Igreja Metodista”, disse Eliene em seu testemunho.


A celebração

Os cantos entoados tocaram o coração dos presentes que adoraram o nome do Senhor. Com um dueto, as crianças demonstraram que o futuro da comunidade está mais do que garantido e, sem sombra de dúvida, bem representado.

O texto profético de Gênesis 15.15, impactou a todos lembrando que Deus tem bênçãos para derramar sobre aqueles que obedecerem e crerem nos sonhos e projetos Dele para as nossas vidas, mas é preciso estar atento para vê-los.



Consagração das chaves

Antes da bênção, o momento especial de orar e consagrar as chaves do local simbolizando a presença de Deus. A comunidade foi convidada a assumir o compromisso com a missão nesta nova porta que se abre. O pastor Júlio Hora convidou Cristiane Peres, filha de Maria Helena Peres, falecida no ano passado, a fazer com o pastor a entrega das chaves ao evangelista Alexandre Ferreira – que será o auxiliar do pastor na comunidade local.


O pastor lembrou o trabalho iniciado há 25 anos, na garagem da casa da Maria Helena Peres, onde eram realizados os primeiros cultos da futura Igreja Metodista em São Sebastião, hoje com sede própria na cidade. Cristiane Peres ainda testemunhou da sua alegria, partilhando o sentimento que certamente sua mãe teria, ao presenciar esta celebração.


O Senhor te dê a paz

A oração e a bênção apostólica, descrita no livro de Números 6.24-26, encerraram o momento litúrgico.


Um coffee break marcou o momento de confraternização e comunhão entre todos os presentes.


Presentes

1. Marlon; 2. Elcione; 3. Emanuelle; 4. Eliene; 5. Silvio; 6. Aliny; 7. Virginia; 8. Margarida; 9. Vilma; 10. Criane; 11. Jovenal; 12. Gabriela; 13. Pedro; 14. Alana; 15. Heloisa; 16. Marcia; 17. Erasmo; 18. Quitéria; 19. Antônio; 20. Inácio; 21. Cristiane Peres; 22. Milena; 23. Daniel; 24. Amanda; 25. Lanne; 26. Matheus; 27. Luísa; 28. Rosi; 29. Elenilda; 30. Eromarcos; 31. Alexandre; 32. Ariosvaldo; 33. Patrícia; 34. Elke; 35. Leonarda; 36. Ademir; 37. Davi; 38. Julia; 39. Isabela; 40. Leticia; 41. Maria Luíza; 42. João Felipe; 43. Júlio C. Hora. E nove crianças cujos nomes não foram descritos no livro.



Ilhabela, abril de 2022.

Júlio César Hora de Oliveira

Pastor na Igreja Metodista em São Sebastião


#Metodista3re #IgrejaMetodista #MetodistaIlhabela #IgrejaMetodistaEmIlhabela #Missão

101 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo