• Sede Regional 3RE

Ministerial de Pastores e Pastoras 2018

"E O MESMO DEUS DE PAZ VOS SANTIFIQUE EM TUDO; E TODO O VOSSO ESPIRITO, E ALMA E CORPO, SEJAM PLENAMENTE CONSERVADOS IRREPREENSÍVEIS PARA A VINDA DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO.” - 1 TESSALONICENSES 5:23


Cerca de 150 pessoas participaram do encontro Regional de pastores e famílias na cidade de Águas de Lindóia no último final de semana de maio. Um tempo de comunhão, refrigério, edificação e reflexão sobre a caminhada pastoral e o envolvimento da família neste ministério tão precioso e desafiador.


Louvor, oração e edificação pela palavra das convidadas - Hideide Torres, Bispa da Igreja Metodista na 8ªRE, e Ângela Pierangeli, pastora na Igreja Metodista em Poços de Caldas, na 5ª RE, permearam o encontro.


A Bispa Hideide trouxe duas reflexões, a primeira com base em 2 Tm. 4.9-18:

"Paulo, escrevendo a Timóteo, pede-lhe que venha depressa, antes que o inverno chegue. Sudo Kim, bispo Metodista na Coreia, escreve um lindo sermão sobre este tema. A gente precisa se preparar antes que o inverno venha. Ele é inevitável. Crises, problemas, lutas, solidão, depressão, angústia e sensação de abandono são situações que enfrentamos ao longo da jornada. Nesse processo, precisamos de amizades, de tempo de qualidade em família, de cuidado e de atenção para nossa saúde integral. Devemos investir e prolongar as alegrias e conquistas. Devemos nos cuidar diante dos enfrentamentos. E é preciso às vezes diminuir ritmos e ansiedades para ter tempo para ouvir a voz de Deus. Tudo isso são pequenas conquistas e oasis que geramos para nossas vidas, antes que o inverno venha".


Na segunda reflexão, baseada em Isaías 6, a Bispa mencionou:

"Quando Isaías narra sua experiência com Deus, ela vem no contexto de uma situação muito específica: a morte do rei Uzias. O rei era seu primo. Fora um bom rei e seu governo proveu segurança e bem-estar ao povo. Durante os melhores períodos da sua existência, a igreja correu e corre os mesmos riscos de Isaías. Confundir a boa condição que vive com a vontade de Deus. Quando Uzias morre, com ele se vão todas as esperanças, garantias e socorros. Há muita angústia e insegurança. Então Deus se revela ao profeta, sentado no trono. Isaías cai em si: até agora seus ais eram para os outros. Vendo Deus, ele percebe que era pecador. Precisamos desenvolver um nível de autoconhecimento, um nível de dependência é um nível de necessidade de Deus. Isso só acontece quando os Uzias, nossas seguranças pessoais, nossos desejos de poder, nossas defesas próprias caem diante do Deus que se assenta no trono. É preciso isso para que nosso ouvido outra vez se afine para ouvir a vocação divina e nossa boca seja purificada para atender ao chamado com a disposição que ele requer".

A equipe de Pastoreio de Pastores também teve sua participação, e trouxe, na pessoa do pastor William de Melo, uma palavra de encorajamento para o cuidado mútuo através da participação em um grupo de pastoreio, com breve reflexão a partir do relato de Lucas 24.13-33. Em suas palavras, o pastor lembrou:

"basta um toque da graça de Deus para que nossos olhos se abram. O toque do Senhor é como uma chama que restaura a alegria e o amor pela obra e o ministério".

A pastora Ângela falou sobre a importância de manter nossa motivação renovada para o ministério a fim de permanecermos íntegros e irrepreensíveis (1 Ts. 5.23-24), na convicção de que no Senhor o nosso trabalho não é vão (1 Co. 15.58). Para manter a motivação - ministrou a pastora - precisamos: ter um conceito correto de sucesso - ser aprovado(a) por Deus; assumir os erros - a dificuldade de assumir os erros traz insensibilidade a ação do espirito; focar naquilo que Deus nos mandou fazer e valorizar o que Deus colocou nas nossas mãos, sendo o que Deus quer e fazendo o que Ele quer, discernindo o tempo.


Foi uma palavra dinâmica e envolvente que levou os presentes a uma reflexão sobre o chamado e aquilo que nos move na direção de cumprir a vontade do Senhor diante da sua Igreja.



As crianças também aproveitaram o tempo, sendo cuidadas pela equipe do hotel que recebeu o encontro.


Na manhã do domingo, um tempo especial de intercessão pelo Bispo e sua esposa Penha e a celebração da Ceia marcaram o encerramento do encontro, que foi bastante edificante.



Assessoria de Comunicação

Colaboração especial da Pra. Mauren Julião (texto) e do Pr. Jefferson Modesto (fotos).


#Metodista3re #IgrejaMetodista #PastoresPastoras #PastoresMetodistas #PastorasMetodistas


Depoimentos:

Foi com muita disposição que enfrentamos os desafios de um final de semana sem combustível para nos deslocarmos até a Cidade de Águas de Lindoia, a fim de termos um tempo de ministração ao corpo pastoral da Igreja Metodista 3RE. Para mim, foi muito importante passar esses dias junto com parte da família pastoral da 3RE. Ao planejar o ministerial, pensamos em desenvolver a programação de modo que os pastores e as pastoras com os cônjuges pudessem receber uma palavra sanadora de Deus para os seus corações. O ministério é desenvolvido com muitas lutas e desafios que, em boa parte das vezes, ferem profundamente a família pastoral, causando desmotivação e depressão. O propósito foi cumprido, pois não tratamos de projetos pastorais, nem discutimos o que deve ser feito para que o pastor e a pastora produzam mais. Queríamos que eles/as pudessem sentir o amor de Deus e entenderem que para o Reino de Deus se tratam de pessoas privilegiadas, pois foram escolhidas para conduzirem o rebanho do Senhor. Ao final do Ministerial, avalio que tudo foi muito bom. Pastores e pastoras saíram felizes e comprometidos com o Pai. Esperamos que a bênção do Senhor, que esteve conosco nesses dias, continue diariamente sobre a vida dos nossos amados pastores e pastoras, bem como, sobre o cônjuge e família. Que Deus abençoes e ilumine a vida de vocês.

JOSÉ CARLOS PERES - Bispo presidente da Igreja Metodista 3RE

Penso que este Ministerial Regional de Pastores/as foi um dos melhores dos últimos anos. As ministrações profundas e pertinentes agasalharam a alma e adoçaram o espírito. Os causos compartilhados pela Bispa Hideíde e Revda. Ângela geraram proximidade, identificação e força para seguirmos em frente cuidando com equilíbrio do corpo, da alma e do espírito. A descontração promoveu em diversos momentos uma atmosfera leve e sadia lembrando a todos os participantes que a vida ministerial e pessoal também precisam ser marcadas pela alegria. A flexibilidade da programação permitiu uma tarde livre para encontros e reencontros, lazer, passeios, bate papos e compras no comércio de Águas de Lindóia e outros locais do entorno. A organização acertou em cheio na escolha do hotel proporcionando aos participantes uma estrutura aconchegante com quartos confortáveis, diversas opções de lazer e uma excelente experiência gastronômica. Um momento marcante foi a oportunidade que tivemos para orar e abençoar o nosso bispo e a Penha tendo em vista os inúmeros desafios episcopais na caminhada regional e nacional. Mesmo diante dos impasses causados pela paralisação nacional parte do corpo pastoral do Vale esteve no Ministerial e retornou com o coração aquecido e abastecido para compartilhar com a família e rebanho muita graça, revelação, inspiração, motivação e unção. muita graça, revelação, inspiração, motivação e unção.

Alexander C. Rodrigues Antunes - Pastor na Igreja Metodista Central em São José dos Campos e SD do Vale do Paraíba

172 visualizações
INSCREVA-SE E FIQUE ATUALIZADO!
  • Facebook iConexão
  • Facebook IM3RE
  • Instagram IM3RE
  • Twitter IM3RE
  • YouTube IM3RE
  • SoundCloud IM3RE
  • LinkedIn IM3RE
  • Maps IM3RE

Faça aqui a sua assinatura e as atualizações do informativo online!

© 2018 por Sede Regional da Igreja Metodista 3ªRE | iConexão.

Whatsapp: +55 (11) 9.8346.0020