• iConexão

Páscoa é...

Atualizado: 2 de Mar de 2018

Êxodo 12.1-14 / 21-28
"Obedeçam a estas instruções como decreto perpétuo para vocês e para os seus descendentes. Quando entrarem na terra que o Senhor prometeu lhes dar, celebrem essa cerimônia. Quando os seus filhos lhes perguntarem: ‘O que significa esta cerimônia? ’, respondam-lhes: É o sacrifício da Páscoa ao Senhor, que passou sobre as casas dos israelitas no Egito e poupou nossas casas quando matou os egípcios". Então o povo curvou-se em adoração. Êxodo 12:24-27

PÁSCOA É A MARCA DO SACRIFÍCIO EM NÓS.


A Páscoa foi instituída muitos anos antes de Jesus vir ao mundo. Ela foi instituída no momento mais difícil da vida do povo hebreu. A Palavra diz que Deus fala com Moisés no monte e ali Ele anuncia: “De fato tenho visto a opressão sobre o meu povo no Egito, e também tenho escutado o seu clamor, por causa dos seus feitores, e sei quanto eles estão sofrendo”. Êxodo 3.7.


Deus decide dar um basta naquela situação e no verso 12 Ele diz: EU SOU O SENHOR! Então, Ele dá uma ordem para seu povo: CORDEIRO, COMUNHÃO E SANGUE.


Era preciso que a casa de todos os hebreus tivesse a marca do sangue do sacrifício de um cordeiro perfeito para que quando viesse o espírito destruidor, eles não fossem destruídos. Mas há algo muito poderoso sobre uma ordem de Deus acerca desse momento que aquelas famílias estavam vivendo, o verso 3 e 4 falam sobre um COMPARTILHAR do cordeiro com aquelas famílias que não tinham nada, sem o cordeiro elas ficariam desguarnecidas, sem a marca do sangue, sem comida. Mas não era essa a vontade de Deus, o plano de Deus era que todos os hebreus fossem libertos e salvos daquilo que estaria por vir.

É de conhecimento de todos de que ninguém pode dar o que não se tem. É preciso possuir algo para que se possa compartilhar. As famílias compartilhavam o que tinham (o cordeiro e o sangue), para que outras famílias fizessem parte do propósito de Deus e não fossem destruídas.

Querido irmão e querida irmã, se você tem do sangue de Jesus sobre você, se você tem Cristo fluindo em sua vida, você precisa ser diferente e dar a outras pessoas deste sangue que te salvou.

PÁSCOA É A MARCA DO SACRIFÍCIO DO CORDEIRO EM NÓS SENDO COMPARTILHADO.


Páscoa só faz sentido para quem crê e recebe o sacrifício. Era isso que diferenciava os hebreus dos egípcios. Páscoa tem que te fazer diferente, a marca do sangue Cristo te faz diferente para que essa diferença marque aqueles que ainda não receberam a Cristo.

“Nele, quando vocês ouviram e creram na palavra da verdade, o evangelho que os salvou, vocês foram selados com o Espírito Santo da promessa.” Efésios 1:13.

Desde então Deus manda todos os anos que eles celebrem a Páscoa com todas as instruções de como seria essa celebração, assim o povo fazia como Deus havia ordenado, como memorial do dia da passagem do Egito para Canaã.


Páscoa quer dizer PASSAGEM! Passagem para uma vida nova, para o novo de Deus. Passagem da dor para a saúde, do sofrimento para a paz, da morte para a ressurreição! Aleluia!


E eu fico pensando em toda a preparação que eles viviam em tempo de Páscoa, tempo de trazer a memória da liberdade em Deus, e como nós vivemos este tempo nos dias de hoje, dias em que é comercializado e distorcido o que é de Deus. E aqui não estou falando apenas que temos perdido nossas tradições e ritos, não estou falando de comer ou não comer carne (até mesmo porque não faz parte de nossa tradição), não estou falando de rituais em tempo de Quaresma, mas estou falando dos nossos corações, do significado espiritual da Páscoa e do Cristo em nós.


TEMPO DE PÁSCOA É UM TEMPO ESPIRITUAL!


E para entendermos isso, precisamos compreender como João Batista compreendeu, o que ele sentiu quando viu Jesus.


“Ele é aquele que vem depois de mim, cujas correias das sandálias não sou digno de desamarrar". Tudo isso aconteceu em Betânia, do outro lado do Jordão, onde João estava batizando. No dia seguinte João viu Jesus aproximando-se e disse: "Vejam! É o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo! Este é aquele a quem eu me referi, quando disse: Vem depois de mim um homem que é superior a mim, porque já existia antes de mim. Eu mesmo não o conhecia, mas por isso é que vim batizando com água: para que ele viesse a ser revelado a Israel". Então João deu o seguinte testemunho: "Eu vi o Espírito descer do céu como pomba e permanecer sobre ele. Eu não o teria reconhecido, se aquele que me enviou para batizar com água não me tivesse dito: ‘Aquele sobre quem você vir o Espírito descer e permanecer, esse é o que batiza com o Espírito Santo’”. João 1:27-33.

João até aqui falava a respeito de Jesus, ele mesmo se dizia a voz que clama preparando o caminho. Mas, naquele momento em que ele viu a Jesus, não teve dúvidas e obteve uma revelação de que Jesus era o CORDEIRO DE DEUS QUE TIRA O PECADO DO MUNDO.


Povo de Deus! Nós precisamos ter a revelação do CORDEIRO de Deus em nós. Quando falamos de Páscoa, quando falamos de Jesus, de ressurreição, isso precisa arder em nós, estremecer nosso coração. Porque isso não é uma história, uma invenção, isso é real, Cristo é real, o sacrifício e a ressurreição são reais.


Igreja do Senhor! Nós precisamos buscar a revelação do CORDEIRO E DA CRUZ intensamente em nossas vidas, para que isto faça alguma diferença em nós. E para que a partir de nós, faça diferença para o mundo.


Em Cristo e por Cristo,

Tays Rodrigues Rocha

Pastora na Igreja Metodista em Praia Grande

SD do Distrito Litoral

#Metodista3re #Páscoa

49 visualizações
INSCREVA-SE E FIQUE ATUALIZADO!
  • Facebook iConexão
  • Facebook IM3RE
  • Instagram IM3RE
  • Twitter IM3RE
  • YouTube IM3RE
  • SoundCloud IM3RE
  • LinkedIn IM3RE
  • Maps IM3RE

Faça aqui a sua assinatura e as atualizações do informativo online!

© 2018 por Sede Regional da Igreja Metodista 3ªRE | iConexão.

Whatsapp: +55 (11) 9.8346.0020