• Bispo Peres

PÁSCOA É O RENASCER DA ESPERANÇA


Jesus na manjedoura

Leia 1ª Coríntios 15:1-11


Nós, cristãos e cristãs, celebramos a páscoa relembrando o martírio e a ressureição de nosso Senhor Jesus Cristo. A marca mais significativa da páscoa é a ressurreição, ela nos ensina que podemos ter esperança de que um dia também seremos ressuscitados para viver na glória junto com o nosso Senhor.

Entretanto, não tem como ficar alienados no mundo em que vivemos, ele necessita ouvir a pregação do ressuscitado e que vivo está, para ver se melhora sua condição atual: guerras, furacões devastando tudo por onde passa, a rota deste fenômeno é frequente nos Estados Unidos, a queda de barragens em Minas Gerais, sentimos que algo está errado com o mundo em que vivemos. Falta a caridade cristã, apesar dos esforços de vários irmãos e irmãs. Quem sabe ao comemorar a páscoa possamos relembrar que em Cristo a Igreja é capaz de ajudar a transformar o mundo em que vivemos.


Irmãos e irmãs, damos graças a Deus por Jesus Cristo que suportou o martírio e enfrentou a morte e a venceu ao ressuscitar ao terceiro dia. Sem nos esquecer do sofrimento que Ele suportou antes de ser pregado e morto na cruz, queremos comemorar a vitória sobre a morte alcançada em sua ressurreição.


Quando nos atentamos à ressurreição e sabemos que um dia também seremos ressuscitados, deveríamos valorizar mais o aspecto relacional com Deus, a exemplo do que nos foi deixado como ensino do viver cristão nos Evangelhos e nas Cartas escritas pelos apóstolos. Como metodistas, devemos praticar sempre os atos de piedade e misericórdia, para cumprirmos os quesitos requeridos de uma vida santa e agradável a Deus. Se o nosso Senhor e Mestre conseguiu, os apóstolos conseguiram e a Igreja cristã primitiva também conseguiu viver em conformidade com o Evangelho, nós também conseguiremos. Cristo está conosco sempre e Ele é vencedor, por isso, tendo-o como companheiro de caminhada, conquistaremos nossa vitória.


A páscoa se tornou importante para o cristianismo porque nela houve a ressurreição, o renovar da vida. Quando ouvimos as notícias sobre os acontecimentos no mundo: movimento migratório, cidades destruídas por tsunamis no continente asiático, assassinatos de crianças em escolas, como a que aconteceu na cidade de Suzano 13 de março de 2019, a violência e as intempéries naturais. Todos esses acontecimentos trágicos em seus diversos aspectos nos rouba a paz. Fica um “que” de desesperança no ar.


Entretanto, Jesus declarou: Eu vim para que tenham uma vida abundante (João 10.10). O que nos impede de vive-la? Seria a dor, a tristeza, solidão, falta de amigos ou diversos tipos de comentários maldosos que prosperam contra nós. Estas coisas tem o poder de roubar a esperança e impedir que vivamos o melhor nesta Terra. Indiferentemente, das mazelas que suportamos em nosso dia a dia, o Senhor nos garantiu a vitória.


O apóstolo Paulo escreveu aos cristãos e cristãs da igreja em Coríntios: "Onde está, ó morte, a tua vitória? Onde está, ó morte, o teu aguilhão?" "Mas graça a Deus que nos dá a vitória por nosso Senhor Jesus Cristo". Aleluia!


Para o povo cristão, a páscoa judaica passa a ter novo sentido com a ressurreição de Jesus Cristo e passamos a valorizar o que é importante para a vida. Não devemos nos preocupar tanto em ter e sim em ser, pois aspiramos a pátria celestial, lugar em que viveremos eternamente com Deus.


FELIZ PÁSCOA!


José Carlos Peres

Bispo presidente da Igreja Metodista 3RE


#Metodista3re #IgrejaMetodista #BispoPeres #Páscoa


171 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo