• Sede Regional 3RE

Campeões em Cristo - Carol Chizzolini

"A COPA DO MUNDO E DA FAMÍLIA"

"Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus,

aos que crêem no seu nome" - Jo.1:12

Informações pessoais:

Nome: Ana Carolina Chizzolini Alves

Data de nasc.: 14/03/1981

Nacionalidade: Brasileira


Neste tempo de Copa quero falar com você sobre duas paixões pessoais, e assim testamos se somos parecidos. A primeira paixão é o futebol. Sim! Este texto não será para criticar ou analisar os meros problemas e conjunturas sobre o futebol. O futebol é apaixonante. Ele emociona e envolve. Conheço pessoas tão apaixonadas que gastam todo seu tempo investindo e correndo atrás de tudo para times na várzea, onde o amadorismo reina, mas a dedicação é profissional. Não é só futebol e nunca foi! (Frase do meu esposo que uso com autorização!). Os times, durante o ano, movimentam uma paixão inexplicável. Torcemos, sofremos. Perguntamos os resultados do fim da rodada no fim do culto. Brincamos. Compramos camisas, almofadas, copos e bonés. Se você é como eu, apaixonado e apaixonada por futebol concordará comigo que esse amor é contagioso e intenso. Passa de gerações. Ensinamos nossas meninas e meninos a brincar com isso. Minha filha já aprendeu: pega a bola e chuta pra frente, levanta os braços e grita: é gol papai!


Futebol é apaixonante, mas também é algo engraçado de verdade. Muita gente gosta. Talvez você goste, talvez não. Mas na Copa tudo é diferente. Você pode não ligar para o ‘Campeonato Paulista”, para o “Brasileirão”, mas Copa é Copa! Até aqueles mais afastados do tema e, até aqueles que não curtem de verdade, sentam para ver jogos da Copa do Mundo. Ultimamente vejo gente (que é super desinteressada por futebol), curtindo e torcendo pelo Senegal e chorando com derrotas marroquinas. Lamentando o esforço do Irã e gritando: Vai Croácia! Engraçado. Copa é mais envolvente e faz de todo o brasileiro e brasileira um torcedor mais dedicado. Compramos álbum, figurinhas, camisetas e cornetas. Sentamos juntos e torcemos juntos pelo jogo, apreciamos os cabelos de jogadores e ficamos conectados nesse propósito, com os olhos focados em nações boleiras porque a Copa é do Mundo e para o Mundo.



Ai vem a segunda paixão: a família! O movimento familiar para curtir esse momento é intenso. A família já tem aquela gostosa mania de se reunir para celebrar muitos momentos importantes. É assim lá em casa. Um monte de parente junto celebrando de tudo e comemorando grandes e pequenas conquistas. Marca a data, faz um banquete gigante, come, conversa, ri e chora junto. Isso é família! Isso deveria ser a paixão de todo/a crente que, mesmo com dificuldades até de relacionamentos, luta pela união da sua família. Família também é paixão de Deus. É nela que está o projeto do Senhor para transformar as nações. A nossa família é o porto seguro para o apoio e colo. E a família da fé que é a Igreja expressa um passo a mais nessa experiência do próximo. Transforma estranhos de sangue em família de Deus. Assim entra o texto bíblico do começo desta pequena reflexão. Os que creem em seu Nome são feitos uma só família. laços espirituais tecidos naqueles que O receberam.


Você deve estar se perguntando: qual é a relação destas duas paixões? Não foram contadas ou descritas neste texto por mero acaso. Eu respondo para você: tecnicamente nenhuma! Mas consigo ver algo relacionado entre estes dois “estranhos”. No frigir dos ovos a família e o futebol se aproximam. Constrói uma conexão. A gente faz comida, coloca camisa amarela, chapéu, compra corneta e senta com quem ama para torcer e isso vira um evento familiar. Essas duas paixões se encontram e acabam aproximando as pessoas. Na Igreja a gente assiste junto porque somos uma família. Cria laços. Aproxima e alegra!


Por isso minha mensagem é para e sua família. Curta este momento simples com quem você ama. Aproveite o tema do futebol para se ajuntar e vivenciar momentos com sua família. Agregue outras pessoas nesse embalo e, quem sabe, você acaba evangelizando alguém através do futebol conectado ao testemunho de uma família unida. Família unida não pelo futebol, mas para estar junto de verdade com o Senhor Jesus no centro. Porque a vida é muito curta e a família é nosso maior tesouro dado por Deus!


Ana Carolina Chizzolini Alves

Pastora na Catedral Metodista de São Paulo


#Metodista3re #IgrejaMetodista #CampeõesEmCristo #CopaDoMundo2018


Veja nosso álbum:


68 visualizações
INSCREVA-SE E FIQUE ATUALIZADO!
  • Facebook iConexão
  • Facebook IM3RE
  • Instagram IM3RE
  • Twitter IM3RE
  • YouTube IM3RE
  • SoundCloud IM3RE
  • LinkedIn IM3RE
  • Maps IM3RE

Faça aqui a sua assinatura e as atualizações do informativo online!

© 2018 por Sede Regional da Igreja Metodista 3ªRE | iConexão.

Whatsapp: +55 (11) 9.8346.0020